carrinha Entregas gratuitas em compras a partir de 60€

Como é que os bebés descobrem o mundo?

Companhia dos Brinquedos | 30 Março, 2019

Quando os bebés nascem podem ver. No entanto a visão é um dos sentidos que se desenvolve lentamente ao longo do tempo. Nas primeiras semanas de vida, os recém-nascidos só conseguem ver imagens muito vagas e embaciadas. Podem reconhecer rostos e contrastes. Mas os bebés só conseguem seguir um objeto com os olhos a partir do primeiro mês de idade. Este processo exige deles elevados níveis de força muscular no olho além da necessária coordenação.

Os bebés conseguem ver cores?

Os bebés só começam a perceber a existência de cores a partir do segundo e terceiro meses de vida. Em primeiro lugar, eles começam por distinguir tons de cores. Depois desenvolvem um interesse em cores primárias brilhantes e contrastes.

A partir do quarto mês de idade, começam a reconhecer objetos e a sua perceção de profundidade vai melhorando. Somente após o oitavo meses é que a perceção visual do bebé atinge um desenvolvimento suficiente para perceber o ambiente que o rodeia, tal como um adulto consegue.

No entanto, irá ainda demorar algum tempo até a criança alcançar a acuidade visual total. Assim como para desenvolver plenamente a sua capacidade de visão espacial e perceção dos contrastes.

Encorajar o desenvolvimento visual em bebés

Os pais devem ajudar os seus filhos a desenvolver a visão no primeiro ano de vida. A perceção visual é um pré-requisito essencial para muitas outras ações como por exemplo, o primeiro sorriso intencional ou alcançar um objeto.

A visão espacial está relacionada principalmente com a estimulação da coordenação mão-olho. Os brinquedos mais atraentes são ideais para encorajar os bebés a explorar e perceber visualmente o que o rodeia desde muito cedo.

À medida que a sua capacidade de ver se desenvolve cada vez mais, as crianças pequenas começam a perceber as coisas que as rodeiam, a reconhecê-las e a apontá-las. Se eles virem algo particularmente excitante fora do seu alcance, isso também os encorajará a gatinhar ou rastejar na sua direção para o agarrar e inspecionar o objeto com mais detalhe.

Além disso, os especialistas recomendam a exposição à luz do dia, o que promove o desenvolvimento das células nervosas do nervo ótico. Desta forma, brincar na rua sempre que o tempo o permita é de grande importância a vários níveis.

Como podemos aumentar a perceção visual do bebé?

São várias as formas como os pais e educadores podem fazê-lo. Sugerimos 3 formas:

Os estímulos visuais podem ser dados de muitas formas diferentes: pode ser um mobile colorido suspenso sobre o muda fraldas ou no berço do bebé. Ou ainda uma espiral no carrinho de passeio ou num arco. O importante é que seja estimulante ou olho para que os entusiasme a querer tocar com a mão. Uma outra opção podem ser os tapetes de actividades com cores e sons que se ouvem em resposta a uma movimento de toque. Todos estes diferentes efeitos ajudam a treinar a coordenação olho-mão.

Os primeiros livros que devemos apresentar aos bebés são os livros de pano. Feitos de tecido com cores e texturas e até alguns sons, como as folhas crepitantes ou os guizos. Depois os livros de banho, para brincarem na banheira e ainda os livros de madeira. Todos eles com imagens simples e apelativas, que convidem as crianças a quererem espreitar e experimentar.

Quando a mãe ou o pai está a brincar ou a falar com o bebé, pode ao mesmo tempo balançar um peluche com as mãos. O movimento do peluche vai atrair a atenção do bebé. As luvas fantoche são perfeitas para este estímulo. Além de estimular a visão, ajudam também a iniciar o processo de aprender a conversar.

A estimulação visual do bebé nos primeiro tempos da vida é fundamental para que a sua perceção do mundo seja cada vez mais real. Uma vez que a perceção visual é mais rápida do que o desenvolvimento motor, a capacidade de ver com nitidez funciona assim como estímulo ao movimento!

 

Image by amyelizabethquinn from Pixabay 

(Texto adaptado de Haba)

Ler mais
Partilhe:
Outros Artigos
Faz de conta que…
… eu sou rainha, princesa, caçador, ou então espera, eu hoje quero mesmo ser a bruxa má ou então o rei que usa a espada. Não há limites ...
Tempo de brincar 12 Maio, 2020
Brincar ou planear?
Desde que ficámos em casa que as nossas redes sociais são invadidas com notícias do panorama mundial. Depois, as redes sociais ...
Boneco de Pano Lou
10 Aspetos que melhoram em crianças que brincam
10 Aspetos que melhoram em crianças que brincam “Brincar é fundamental para a saúde física, cognitiva, afetiva e relacional das ...