carrinha Entregas gratuitas em compras a partir de 60€

Comprar uma bicicleta sem pedais

Companhia dos Brinquedos | 6 Março, 2019

 

Como escrevemos no artigo Porquê uma bicicleta sem pedais, estas bicicletas são a melhor forma e a mais fácil, das crianças aprenderem a andar de bicicleta.

Comprar uma bicicleta sem pedais não é difícil. Cabe aos pais quando escolhem comprar uma bicicleta sem pedais, levar em linha de conta uma serie de considerações/regras para que a criança usufrua da bicicleta na sua totalidade.

Mas o que devemos nós, como pais, ter em mente quanto vamos comprar uma bicicleta sem pedais para o nosso filho?

  1. Tamanho

  • A criança deve entrar e sair da bicicleta sem pedais com facilidade. Se isso acontecer então encontrou a bicicleta certa.
  • Bicicletas muito grandes levam por norma à frustração da criança em virtude de prejudicar a aprendizagem do equilíbrio, fundamental para se aprender a andar de bicicleta
  • O comprimento interno da perna do seu filho deve ser o mesmo ou um pouco mais longo do que a altura mínima do selim. A criança tem de conseguir passar a perna sobre o quadro quando se senta na bicicleta. E tem de conseguir colocar os pés firmemente apoiados no chão.
  • A altura do guiador e do selim devem estar ajustadas ao tamanho da criança.
  • Se a criança tiver 3 anos, as bicicletas com roda de 12” são perfeitas, como a Banwood Baunilha . Se a criança tiver 2 ou menos anos e/ou 4 ou mais anos, é de toda a conveniência verificar cuidadosamente todas as medidas referenciadas neste artigo.

Quando comprar uma bicicleta sem pedais, o mais importante é selecionar uma que tenha o tamanho certo para a criança em vez de escolher uma que lhe sirva mais anos. Economicamente faz mais sentido. No entanto a aprendizagem da criança será dificultada, o que aumenta a probabilidade de desistir de aprender a andar de bicicleta.

Peso

  • A bicicleta não deve pesar mais do que cerca 30% do peso da criança.
  • Dependendo da idade da criança esta proporção pode aumentar.

O peso da bicicleta deve ser de tal forma que a criança consiga movê-la autonomamente caso a bicicleta esteja no chão ou caso tenha de subir uma pequena rampa.

Material do quadro: metal ou madeira

  • As bicicletas sem pedais de madeira são consideradas uma opção mais ecológica em contraste com os modelos de quadro em metal. A madeira utilizada nestas bicicletas tem várias origens e é tem com objectivo impedir que se deforme ou apodreça. Tendem a ser leves, fortes e duráveis.
  • As bicicletas sem pedais de metal, são normalmente feitas de aço ou alumínio. A grande vantagem destas é que habitualmente têm uma gama mais alargada de ajustes. Isto é, o aumento do selim não se dá em “saltos” mas de forma sequencial conforme as necessidades da criança. Ao contrário do que se pode pensar estas bicicletas também são leves.

Na Companhia dos Brinquedos já tivemos os dois tipos de bicicletas sem pedais. O que verificámos é que em termos de acabamentos, as bicicletas de metal são melhores, além de mais ajustáveis.

Pneus

Há, basicamente, 4 tipos de pneus para estas bicicletas:

  • Pneus de ar: Fornecem maior quantidade de amortecimento e tração e são a melhor opção
  • Pneus de espuma: Os pneus de espuma são mais baratos, mais leves e à prova de furos. São tão comuns quanto os pneus de ar, mas fornecem uma tração limitada e pouco amortecimento.
  • Pneus de borracha: Embora melhor que a espuma, os pneus de borracha são inferiores aos pneus de ar seja em tração ou amortecimento.
  • Pneus de plástico: Estes pneus são os mais leves, mas também são os de menor qualidade. São adequados apenas para uso interior.

São os pneus de uma bicicleta sem pedais que determinam a suavidade da tração nas diferentes superfícies. Quanto melhor for a tração mais segurança a criança sente na sua aprendizagem. Quando comprar uma bicicleta sem pedais tenha em atenção estas diferenças.

Travões

  • Os travões não são essenciais para crianças abaixo de três anos dado que não têm força ou tamanho de mão suficiente para usá-los.
  • Os travões são um bom recurso para crianças mais velhas, pois podem desenvolver a competência de travagem antes de se mudarem para uma bicicleta com pedais.

Caso a bicicleta tenha travões, se a criança for pequena não deve ser sugerido inicialmente o uso do travão. No entanto e com o crescimento a criança, irá por ela própria começar a utilizar o travão. Nas bicicletas sem pedais com travão, habitualmente este está colocado na roda da frente.

Guiador

  • O guiador deve ser ajustável, para que ao longo do crescimento da criança a sua posição seja a correta.
  • Os punhos do guiador são um dos primeiros dispositivos de segurança a ser usado na bicicleta sem pedais. Por norma nas bicicletas sem pedais os punhos estão protegidos.

Os punhos protegidos são importantes dado que são mais confortáveis para as mãos das crianças e permitem que andem mais tempo de bicicleta antes de sentirem as mãos doridas. No caso das bicicletas banwood, os punhos são em pele e sem rugosidade para maximizar o conforto da criança.

Selim

  • A altura do selim deve ser ajustável.
  • A forma do selim deve garantir que a criança não escorrega quando estiver a descer uma rampa.
  • A almofada do selim deve ser confortável.

Tal como nas bicicletas de adulto, o selim é uma peça fundamental nas bicicletas sem pedais. Um selim confortável é garantia de muito tempo de passeio.

Dicas de segurança para pais

Quando comprar uma bicicleta sem pedais, certifique-se que escolhe a bicicleta certa para o seu filho, seguindo as dicas anteriores.

O seu filho estará pronto para andar de bicicleta,se estiver pronto para usar um capacete e a mantê-lo apertado. Escolher um capacete é tão importante quanto comprar uma bicicleta sem pedais. O capacete não deve ser nem muito pequeno nem muito grande. Deve estar ajustado á cabeça. Felizmente hoje a maioria dos capacetes são ajustáveis!

Escolha sabiamente o local onde o seu filho vai aprender a andar. Se o seu filho está com medo de cair escolha uma zona de relva que será mais macia em caso de queda. Mas tenha cuidado, por vezes, estes locais podem ser muito moles ou muito escorregadios, dificultando a aprendizagem. Preferencialmente opte por uma zona onde a criança não tenha dificuldade em acelerar. Nas ciclovias e em muitos jardins públicos, os caminhos são feitos de compostos que utilizam borracha, o que os torna mais macios. O mais importante, independente do local que escolher, é certificar-se que é livre de obstáculos

Todas as crianças são diferentes. Até aos 10 anos de idade é difícil para as crianças julgarem a velocidade e distância do tráfego automóvel. Portanto, limite a aprendizagem a passeios, parques ou ciclovias até os 10 anos de idade. Ensine a criança para ficar alerta e a ter atenção aos carros. Previna qualquer situação garantindo que o seu filho não anda de bicicleta fora do seu campo de visão.

As crianças aprendem através do exemplo. Desta forma os pais devem usar de comportamentos adequados quando andam de bicicleta. Use sempre capacete, mesmo que não tenha usado em criança e não passe sinais vermelhos…

Por fim, durante a aprendizagem esteja junto do seu filho para lhe dar instruções adicionais e em especial, para o motivar.

Ler mais
Partilhe:
Outros Artigos
A importância das bonecas na vida das crianças
As crianças são fascinadas com a vida diária desde a mais tenra idade. E criam sobre este fascínio os seus próprios mundos de fantasia. ...
A Le Toy Van quer acabar com o plástico nos brinquedos!
A Le Toy Van, empresa inglesa que produz brinquedos de madeira desde 1995, revelou os seus planos para ser completamente livre de ...
Vamos brincar?
Tic tac tic tac… 15:30 a campainha tocava e corríamos para casa, voávamos, comíamos bolachas com manteiga e Tulicreme, fazíamos ...
De Pais para Pais 8 Março, 2019