carrinha Entregas gratuitas em compras a partir de 60€

7 ideias para lidar com a rotina do dormir

De Pais para Pais | 15 Setembro, 2018

 

 

 

A escola está de volta! As listas de livros e material escolar estão quase resolvidas e os filhos até já estão desejosos de voltar à rotina das aulas. Há no entanto uma última coisa a tratar: voltar a repor a rotina do dormir.

Embora uma criança possa pedir para ir dormir a horas, a verdade é que quase nunca isso acontece. E por isso damos 7 ideias para que consiga sair vitorioso deste confronto.

 

 

1 – Seja claro

Para todas as crianças e em especial as mais novas, explique-lhes como é a rotina do dormir. Clarifique cada uma das etapas – ir à casa de banho, escovar os dentes, escolher a roupa do dia seguinte, ler uma história, etc. Como sabemos, as crianças respondem melhor a ideias visuais. Por isso crie um gráfico ou arranje um livro que detalhe essas etapas. Isto vai ajudar a criar uma determinada rotina e eles passam a saber com o que é que contam.

2 – Desligar

Pelo menos 1 hora antes de deitar, não permita o acesso aos equipamentos eletrónicos de casa. E à televisão se possível também. Segundo um estudo cientifico da Penn State College of Medicine: “As crianças que assistem à TV ou jogam jogos de consola antes de dormir tiveram em média 30 minutos a menos de sono do que os que não viram e não jogaram. E as crianças que usaram o telefone ou computador antes de dormir tiveram uma hora a menos de sono do que as que não usaram”.

3 – Capacite-os

A maioria do dia dos nossos filhos é ditada por outra pessoa: o professor na escola, o treinador no treino desportivo, a hora do banho, o que jantam e a que horas vão dormir pelos pais. Deixe que eles possam também afirmar a sua personalidade permitindo que escolham coisas como o pijama, o boneco com que querem dormir ou o livro que querem ler antes de adormecerem. Isto não só os ajuda a tomar decisões mas também a dar-lhes algum controlo sobre a sua vida.

4 – Tempo para acalmar

Não havendo equipamentos eletrónicos é importante que esse tempo antes de deitar seja preenchido com outras atividades. Faça com que esse tempo seja de família. Joguem um jogo enquanto ouvem uma música escolhida cada dia por um membro da família. Ou partilhem como foi o dia de cada um e façam perguntas sobre o que cada diz. Os seus filhos vão sentir-se importantes e os pais vão descobrir uma série de novidades sobre os filhos.

5 – Apagar medos

Cá em casa as crianças têm/tiveram duas coisas que as incomodavam na hora de ir dormir: o medo do escuro e que os pais estivessem a fazer coisas que também elas queriam fazer (ver TV, estar online com os amigos ou no computador, etc). Todas as crianças usam estes ou outros argumentos/medos para prolongar o momento de ir para a cama e adormecer. O medo do escuro resolvemos com uma luz de presença e quando além do escuro apareceram os monstros fizemos em família um cartaz na porta do quarto a dizer: Proibido a entrada a monstros no quarto. E resultou! Quanto ao que os pais fazem depois de eles dormirem, nada como explicar-lhes qual é a nossa rotina de ir para a cama para lhes mostrar, que não é assim tão diferente da deles. Na verdade só muda a hora!

6 – Seja de ferro

Há crianças que querem sempre mais um beijinho, mais uma bolacha ou um golo de água porque têm sede… Eles são mestres em nos obrigar a ir ao quarto vezes sem conta. Nada como estabelecer limites e cumpri-los… pacientemente. Apenas assim vamos conseguir que a fase mais difícil da rotina do dormir seja aprendida por eles. É difícil mas todos conseguimos.

7 – Consistência é fundamental

Acima de tudo, seja consistente! De acordo com Jill Spivak, co-fundadora da Sleepy Planet Parenting “Quanto mais cedo o seu filho se adaptar a um horário fixo de deitar em tempo escolar, melhor ele se sentirá durante as primeiras aulas da manhã.” Para que isso aconteça a rotina do dormir tem de ser diária e igual todas as noites. E escolha uma hora de dormir o mais cedo possível. Estudos (leia aqui, aqui e aqui) demonstram que as primeiras horas de sono promovem saúde, um sono continuo e melhoram as competências cognitivas das crianças.

Imagem:Donnie Ray Jones
Ler mais
Partilhe:
Outros Artigos
Porquê ler livros a crianças?
Já todos sabemos que é importante as crianças receberem livros de presente. Mas ainda mais importante é que os leiam, se já tiverem idade para isso, sozinhos ou para a família ou em alternativa,...
Baby Signs – Já ouviu falar?
  Já pensaram como seria poder entender os bebés? Aquele choro que nos faz doer o coração por não o conseguirmos calar? Ou como seria útil reconhecer imediatamente o desconforto dos beb...
De Pais para Pais 4 Novembro, 2018
Dormir na mudança de hora
  Uma noite bem dormida não é apenas muito importante para nós adultos, também o é para as crianças. É durante o sono que eles processam o que viram, experimentaram, aprenderam e vivera...